Como visualizar e demonstrar dados!


Fala pessoal. Tudo 100%?

Em um post anterior falamos algumas coisas importantes em relação a criação de Templates.

A partir disto, traremos uma série de posts (Não percam os próximos capítulos) onde iremos comentar sobre as boas práticas em relação à apresentações de dados.

Tudo o que iremos apresentar nesta série (negócio vai ficar bãooo), será baseado no livro Storytelling com Dados.

Autora: Cole Nussbaumer Knaflic

Editora: Alta Books

Storytelling com Dados

Este livro realmente abre a nossa mente no que diz respeito a apresentação de dados.

Antes de lê-lo, quando eu elaborava meus relatórios, baseava a visão do que seria melhor através do meu ponto de vista, ao invés do olhar pela visão do público alvo.

Na maioria dos casos, os dados disponíveis eram os mesmos, como por exemplo, o faturamento diário. Porém, o público-alvo era diferente.

Quando um diretor queria analisar os relatórios, ele não desejava enxergar as informações em um nível de detalhamento operacional, a ponto de visualizar as vendas por cidade ou item a item. Ele queria saber a mesma informação, porém, em visões mais consolidadas, ao invés de entrar no nível de detalhamento.

Quase sempre, eu olhava aquele templante em branco do Power BI e, meio sem noção, pensava: “Vou colocar gráficos em todos os cantos possíveis, não vou perder nenhum espaço aqui!”

Isso, na minha concepção (quase sempre), parecia fazer sentido. Mas, será mesmo que era o ideal?

Uma frase que eu sempre escutava do chefe Henrique Fogaça no MasterChef  é: Menos é mais!”

Após ler este livro, percebi que essa frase faz sentido muito além da cozinha. Faz total sentido no nosso mundo analítico!

Este post não é específico para analistas que trabalham com o Power BI, é para quem analisa dados (ou deveria), em qualquer software de BI. Seja uma simples planilha no Excel ou grandes players de mercado.

Para finalizar, gostaria de deixar uma frase que li recentemente em um grupo do Whatsapp, a qual me marcou e deu start a ideia dessa sequência de posts:

“O cliente não queria saber a qualidade dos dados, queria o gráfico de pizza!”.

Não é fácil dormir após ouvir uma frase dessas (rsrs), mas fiquem ligados nos próximos posts! A equipe aqui do blog, vai mandar altas dicas para vocês! Não percam!

Um abraço e até mais!

Igor Abdo

 

 

Anúncios

5 comentários em “Como visualizar e demonstrar dados!

  1. Show de bola, temos que nos colocar sempre no lugar do solicitante, pensando como ele, se for um gestor a coisa tem que ser mais detalhada, porém diretor temos que mostrar mais resumidamente com foco no resultado que ele quer ver, Parabéns Igor pelo post!!!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Bem isto Maicon!
      Nós temos que imaginar quem será o “consumidor” das informações. As vezes queremos fazer um relatório para reunir os dois mundos, mas dependo do objetivo, vamos acabar queimando todo um trabalho.
      Até podemos fazer algo, como ter um relatório só, mas deixar uma página mais com informações realmente gerenciais e nas demais, os detalhes.
      E muito obrigado!!!! E qualquer dúvida, só chamar!!

      Absss

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s